Organização para Primordiais: a Ordem Ariana Estóica

Olá!

Seguindo a idéia de divulgar aos poucos materiais de cenário para o “cenário padrão” do Espírito do Século no Brasil, “Primordiais”, estou apresentando uma organização secreta para ser usada pelo Mestre em suas aventuras: a Ordem Ariana Estóica
Nota: essa descrição não é histórica, refletindo apenas a história para o cenário de Primordiais.


A Alemanha foi a grande derrotada na Grande Guerra, tendo seu país dizimado e suas conquistas destruidas. Seus recursos financeiros foram dizimados pela Guerra, e o pouco que sobrou foi “roubado” pelos vencedores nos saques ao final da Guerra. Não a toa isso forma ressentimentos, que por sua vez degeneram em violência. Os Judeus são alguns dos poucos que ainda possuem recursos financeiros na Alemanha pós-Guerra, e contra eles, aos poucos, a violência vem sendo dirigida.
E, por trás disso, e até mesmo por trás das ações do partido nazista, está a Ordem Ariana Estóica.
Demonologistas e estudiosos do arcano, a Ordem Ariana acredita serem os filhos e sucessores dos Heróis Arianos, como Thor, Siegfried e Freyd. São ambiciosos e inescrupulosos. Embora o mundo esteja observando com receio o crescimento de Adolph Hitler, os seus “conselheiros” que fazem parte da Ordem Ariana Estóica são extremamente mais perigosos.
O objetivo da Ordem é simples: dominação mundial e destruição dos povos indignos. Os métodos são os mais diversos, recorrendo até mesmo ao assassinato pelos meios místicos. Quando fazem uma ação contra alguém ou algum povo, são sempre espalhafatosos, o que normalmente é permitido pelas conexões que possuem com o partido nazistas. Além disso, ramificações e “ordens irmãs” estão aparecendo em países como Itália, Estados Unidos (no caso, ocultas na Klu Klux-Klan) e na América do Sul. Na realidade, para a Ordem Ariana, é extremamente fácil se infiltrar em qualquer lugar onde a raiz do nacionalismo exista.
A Ordem possui muitos inimigos: os rivais mais diretos são a Ordem de São Silvestrino (magos ligados à Igreja Católico), os Wicca, os Ciganos, os Cabalistas e integrantes de outras ordens místicas com idéias nacionalistas, como a Kairós e o Soviete Místico. Nos Estados Unidos, seu segundo foco de ação, são enfrentados também pelo Vudu e pelos xamãs. A principal força que ainda consegue manter a Ordem Ariana “na linha” são os Mestres Brancos, a Ordem que é considerada a conciliadora de todas as ordens. Nem mesmo a Ordem Ariana tem coragem de encarar os Mestres Brancos em uma batalha mística aberta… ainda.
Organização:
A Ordem Ariana atua nas frentes místicas e mundanas com igual intensidade e falta de escrúpulos. Na frente mundana, utiliza toda a estrutura policial e militar do governo nacionalista de Hitler para ações, assim como seu próprio braço militar, os “12 de Brünhild”, guerreiros dotados de armamento e poderes que os tornam temiveis, com sua habilidade berserker, onde eles se entregam a uma fúria de destruição, chacinando tudo e todos ao seu caminho, sendo parados apenas pela morte de suas vítimas… ou a deles próprios.
Para entrar na Ordem, é preciso passar por uma série de iniciações e comprovar ser ariano e/ou não ter tido contato com povos “indignos”, como judeus, ciganos, homossexuais e comunistas. Depois disso, uma série de iniciações é realizada, com o objetivo de realizar uma “lavagem cerebral” no “candidato” e torná-lo parte da Ordem de corpo e alma. Sabe-se que na iniciação é necessário matar ao menos uma pessoa de um povo indigno, e estupros, tortura e violência gratuíta contra esses povos não são raros. As iniciações variam conforme o caso, e nem todo integrante do exército alemão passa por ela, apenas aqueles mais fanáticos pela causa nazista.
A iniciação se encerra quando o integrante é colocado sob o comando de um Scharführer, um agente mais graduado que atua como mentor dele e de outros novos integrante. O período de encerramento é marcado pelas provas mais duras de iniciação, onde fraquejar pode significar a morte, principalmente no meio dos “12 de Brünhild”. Os que fracassam nesse momento são mortos com requintes de crueldade, e seus corpos são profanados das maneiras mais abjetas possíveis. O objetivo aqui é remover qualquer traço de humanidade da pessoa.
Acima dos Scharführer está o Oberführer, um comandante de várias “tropas” ou “células” que comanda suas ações em segredo, de modo que algumas vezes nem mesmo os Scharführer sabem o que está acontecendo. Os Oberführer são seres poderosos e malignos e estão no comando em vários níveis do Partido Nazista Alemão e de outras organizações similares.
As ações da Ordem são sempre “encobertas” por meio dos órgãos oficiais alemães. Normalmente a culpa é das SA, SS ou Gestapo, ou organizações similares.
Ações Atuais:
No presente momento, o objetivo maior da Ordem Ariana é expulsar todos os seus inimigos do submundo para fora da Alemanha. Seu objetivo real é dizimar qualquer outra Ordem Mística e roubar todos os segredos arcanos possíveis, mas seus líderes são pacientes e estão agindo para não chamarem a atenção. Já estão expulsando os Ciganos e os Wiccas, e os Cabalistas são o próximo em sua agenda. Logo, a Ordem Ariana será a única ordem mística na Alemanha.
Também procuram itens místicos relacionados com poderes e segredos arcanos, como o Pote de Ambrosia, a Cornucópia e o Caldeirão de Dagda, o que tem os colocado contra organizações poderosas, como a Kairós e os Wiccas. Recentemente, também têm enfrentados os Atlantes pela soberania do mar e pelos Cristais de Bório Atlante. L’Khurn, o Mestre Atlante, foi obrigado por causa disso a expedir um Édito para que nenhum Atlante poupasse qualquer integrante da Ordem Ariana.
Sobrenatural:
A Ordem Ariana é totalmente imersa no sobrenatural. Na verdade, a Ordem é o braço místico dos nazistas, que visa a destruição de ordens rivais. Suas mágicas são tradicionalmente de Magia Negra e Satânica, o que os coloca contra os Wicca e contra a Ordem de São Silvestrino. Estranhamente, isso também provoca problemas com o Culto de Satã, que abomina a Ordem por ela supostamente violar os Mandamentos Satânicos. Mas na real, a Ordem pouco se preocupa com as demais ordens místicas. Eles estão por um fio de declarerem guerra contra todas as ordens e suas ações atuais apenas apontam para isso. Uma guerra mágica e bélica entre a Ordem Ariana e as demais sociedades místicas pode ocorrer a qualquer momento.

Powered by ScribeFire.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s