Personagem Exemplo de Espírito do Século: Don, o Vagabundo

Olá!

Para “dar um gostinho” do que pode-se aprontar com o Espírito do Século (SotC) que eu estou traduzindo (veja o preview aqui) estou apresentando mais um o primeiro PC de um Cenário que estou começando a preparar para o Espírito do Século chamado “Primordiais“.
PS: O cenário será publicado conforme as idéias forem surgindo, mas fiquem à vontade para adotar esses materiais à vontade;


Don, o Vagabundo

Vagabundo e Primordial

Características

  • Idade: 26
  • Sexo: Masculino
  • Nacionalidade: Americano
  • Cabelos: Castanho Claro
  • Olhos: Verdes
  • Características Marcantes: roupas andrajosas, mas limpas; cartola com o forro aberto; sapatos furados
  • A Aventura:  O Mistério do Early Hummingbird
  • Aspectos: Mimado / Otimista – sempre com um sorriso no rosto / Médico de Campanha (França) / Falido / Primordial / Vagabundo / Protegida: sua irmã Vicky / Andrajos Elegantes / Um conhecido em cada estação / “Para que uma casa se o mundo pode ser o nosso lar?”
  • Perícias:
    • Soberbo: Contatos
    • Ótimo: Sobrevivência, Empatia
    • Bom: Determinação, Resistência, Ciência
    • Adequado: Fascinar, Furtividade, Enganar, Prontidão
    • Mediano: Briga, Estudos, Esportes, Mistérios, Investigação
  • Façanhas: Faz Amigos Rápidos, Médico, Doutor, Amigo do Amigo, Marcas do Vagabundo
    • Marcas do Vagabundo (Façanha de Sobrevivência) – Vagabundos e Andarilhos utilizam uma estranha linguagem formada por pictos e símbolos especiais para deixar dicas uns aos outros sobre locais bons ou não para eles. Um personagem com Marcas do Vagabundo é capaz de entender essas marcas quando presente e, nesses casos, podem substituir qualquer perícia por Sobrevivência, complementada com a perícia original. Também é possível ao personagem cifrar mensagens.
  • Trilha de Dano:
    • Saúde: [][][][][] [][]
    • Compostura: [][][][][] [][]
Nascido em Berço de Ouro, Donald E. J. Campstel III jamais imaginou que um dia poderia viver em uma situação em que tudo o que tem na vida caberia nos bolsos de seu surrado paletó. Sempre Mimado e tendo estudado nas melhores escolas, acabou indo para a Guerra como médico de  Campanha, lutando ao lado dos Aliados no interior da França. Quando voltou, conseguiu aproveitar ainda um pouco a vida e teve a presciência de pagar os estudos de sua irmã Victoria Lavender Campstel II (ou Vicky, como viria a se chamar) com o dinheiro que tinha.
Foi quando ouve o Crash da Bolsa de Valores e, de uma hora para a outra, todo o dinheiro de seus pais virou água. Seus pais, em desespero, tentaram se matar. Ao perceber a loucura dos mesmos, pegou algumas roupas suas e de sua irmã Vicky e fugiu, enquanto seus pais explodiam a casa em uma labareda de chamas com eles dentro. Ao olhar aquelas chamas, Don pensou em arrumar algum serviço em algum lugar, mas foi percebendo que não tinha boas qualificações, embora os conhecimentos de Médico de Campanha lhe dessem alguma forma de conseguir ao menos comer. Três meses se passaram com ele atravessando os EUA de costa a costa no Early Hummingbird, oculto dentro dos vagões de carga, conversando com outros vagabundos que também procuravam algo melhor.
Até que uma série de assassinatos chamou a atenção dele. Confindido com o assassino, conseguiu comprovar sua inocência e o capturar, solucionando o mistério de tais mortes (eram relacionadas a gangues mafiosas de Chicago, Bonston e New Orleans).
Em seguida, teve que procurar sua irmã, que fugira do Colégio de Freiras onde ela estudava, o St. Sophie em Newark, e adotara a mesma postura de andarilha do irmã com apenas 14 anos. Quase ambos foram mortos no White Swan, quando atacados por espíritos invocados por um mago maligno, tendo a ajuda da estranha médium Yelena Kievskaya.  Nesse momento os dois perceberam serem Primordiais e conseguiram entrar em contato com Angelus, conhecendo outros como eles.
Apesar de tudo, Don continua sendo um hobo, um andarilho vagabundo, assim como sua irmã. Vestem andrajos quase estereotípicos de um vagabundo: normalmente seu sapato possui furos (se não tiver perdido parte do couro), seu chapéu é furado e as roupas remendados. Algum riem dele lembrando os palhaços do Ringling Bros., ou do Pt Barnum & Bailey Circus, mas Don não esquenta. Para ele, por algum motivo, a falta de um local para morar é uma ótima sensação.  Possui amigos em praticamente todo lugar onde existe uma estação de trem e, diferentemente de outros vagabundos, preza pela aparência: costuma lavar suas roupas e tomar banho sempre que possível, embora jamais as jogue fora, por mais remendadas que estejam, ao menos enquanto elas as servir.
Powered by ScribeFire.

Powered by ScribeFire.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s