Destino do Serviço de Entrega de Cadáveres

Destino do Serviço de Entrega de Cadáveres

Baseado no Mangá “Kurosagi Corpse Delivery Service”

image

O Cenário

Quando cinco estudantes universitários budistas encontram o cadáver de um suicida na Floresta de Aokigahara, eles se dão conta de suas capacidades e perícias diferenciadas. Como não possuem muita esperança de obterem empregos (já que entraram na faculdade budista por ser mais fácil, não por terem um templo ou tradição budista familiar), eles decidem agrupar-se e formar uma empresa de entregas, que oculta seu verdadeiro “trabalho”: encontrar cadáveres que tenham sofrido algum tipo de morte estranha ou que ainda estejam amarrados ao mundo e realizar seus últimos desejos, obtendo pagamento por meio de venda de objetos pessoais do falecido e coisas do gênero. Em um cenário moderno, casos bizarros, tristes, engraçados e insólitos permeiam esses cinco jovens, o espírito alienígena que os ajuda… E o estranho espírito que persegue o itako do grupo, Kuro Karatsu.

Personagens

Funcionário A – Kuro Karatsu

  • Conceito: Ex-estudante universitário budista Itako – pode-se ouvir as vozes dos falecidos;
  • Dificuldade: Trabalha por comida;
  • Aspectos: Careca / Espírito Companheiro: Yaichi / Kurosagi – Serviço de Entrega de Cadáveres
  • Abordagens:
    • Cuidadosa: Medíocre (+0)
    • Inteligente: Regular (+1)
    • Estilosa: Regular (+1)
    • Poderosa: Razoável (+2)
    • Ágil: Bom (+3)
    • Sorrateiro: Razoável (+2)
  • Façanhas:
    • Com meu poder Itako posso uma vez por sessão reanimar todos os mortos em uma zona por alguns instantes como Capangas, embora não controle suas ações
  • Recarga: 3
Cadáveres
  • Cadáveres, Desejo de Vingança
  • Perito (+2) em: agarrar os vivos, fazer barulhos assustadores, conseguirem vingança
  • Ruim (-2) em: o resto
  • Estresse: Nenhum (um ataque os tira de ação)

image Kuro Karatsu era apenas um jovem estudante do último ano de uma faculdade budista, quando o corpo um suicida “o procurou” no meio da floresta de Aokigahara, enquanto ajudava a coletar corpos de suicidas na flortesta. Junto com outros alunos da faculdade, que assim como ele não se encaixavam por não serem de famílias com heranças de templos, ele ajudou o suicida a realizar seu último desejo, e com isso conseguiram angariar algum dinheiro. Esse dinheiro foi usado para fundar a Kurosagi – Serviço de Entrega de Cadácveres, que procuram pessoas que tenham morrido das mais diversas maneiras e que por um acaso não tenham realizado seus últimos desejos e procuram o realizar.

Devido a seu poder, Karatsu é um dos mais importantes dos Funcionários da Kurosagi, já que usando seu poder ele negocia o desejo e preço do serviço: em geral, esse preço envolve a venda de bens do falecido, ou alguma posse que o mesmo tenha, mas várias vezes pode ser simplesmente nada, ou algo muito insólito, como uma foto de Saddam Husseim. Como cadáveres esperando para terem seus pedidos atendidos não abundam por aí, ele faz bicos para sobreviver…

Funcionário B – Ao Sasaki

  • Conceito: Ex-Estudante Universitária Budista Idealizadora da Kurosagi – Serviço de Entrega de Cadáveres
  • Dificuldade: Passado Obscurto: perdeu a família em um brutal assassinato em massa. Apenas ela e a mais nova irmã sobreviveram
  • Aspectos: Hacker / Corpse-Chat (Sala de Chat na Internet) / Passatempo Bizarro: Tirar fotos de cadáveres para revender
  • Abordagens
    • Cuidadosa: Regular (+1)
    • Inteligente: Razoável (+2)
    • Estilosa: Medíocre (+0)
    • Poderosa: Regular (+1)
    • Ágil: Razoável (+2)
    • Sorrateira: Bom (+3)
  • Façanhas:
    • Usando minhas habilidades de hacker e meus contatos, eu posso facilmente obter informações comprometedoras sobre qualquer alvo, recebendo +2 quando Crio Vantagens de Maneira Sorrateira
  • Recarga: 3

imageAo Sasaki é uma veterana da faculdade budista onde todos estudam, e foi criadora do grupo “Amigos Voluntários”, que procurava ajudar os que faleciam por meio de suicídio e afins, oferecendo os ritos funerários decentes na medida do possível. Também foi a idealizadora da Kurosagi – Serviço de Entrega de Cadáveres. Possui uma fascinação de certa forma mórbida quanto à morte, em especial as mortes violentas, como assassinatos e suicídios, tirando fotos de corpos nessas circunstâncias que ela vende depois via Internet no Corpse-Chat, uma sala de bate papo mantida por ela onde ela também pode obter informações, quando suas habilidades com computadores falham.

Tal fascinação pela morte se explica: ela e a irmã mais nova sobreviveram à morte de sua família, não tendo morrido por estarem fora de casa no momento em que o assassino atacou a família, matando pai mãe e irmã mais velha. O suposto assassino foi condenado e executado, mas depois descobriu-se que outro foi responsável pela morte de sua família, sendo que ele recebeu a devida justiça

Funcionário C – Keiko Makino

  • Conceito: Embalsamadora e ex-estudante universitária budista
  • Dificuldade: Empregos Temporários, já que embalsamento não tem muita procura no Japão
  • Aspectos: Acesso autorizado à base americana de Yokota / Fashionista / Intercâmbio nos EUA
  • Abordagens
    • Cuidadosa: Bom (+3)
    • Inteligente: Razoável (+2)
    • Estilosa: Razoável (+2)
    • Poderoso: Medíocre (+0)
    • Ágil: Regular (+1)
    • Sorrateiro: Regular (+1)
  • Façanhas
    • Meu treinamento como embalsamadora me deu algum conhecimento sobre a anatomia e biologia humana, assim eu recebo +2 ao Superar Obstáculos enquanto Investigo Cuidadosamente os últimos desejos de nossos “clientes”;
  • Recarga: 3

imageKeiko Makino ajuda os demais integrantes da Kurosagi – Serviço de Entrega de Cadáveres com seus conhecimentos de taxidermia. Embora não seja algo muito comum enterros no Japão (normalmente os japoneses cremam os cadáveres), os conhecimentos de Keiko ajudam pois, como taxidermista, ela conhece muito sobre os processos biológicos do corpo humano, em especial os relacionados à decomposição.

Funcionário D – Makoto Numata

  • Conceito: Radiestesista de Cadáveres e ex-aluno da faculdade budista
  • Dificuldade: Cara durão com coração de manteiga
  • Aspectos: Cultura Pop / Jaquetas de Couro e Óculos Escuros / Problemas Financeiros
  • Abordagens
    • Cuidadosa: Regular (+1)
    • Inteligente: Regular (+1)
    • Estilosa: Razoável (+2)
    • Poderosa: Bom (+3)
    • Ágil: Razoável (+2)
    • Sorrateira: Medíocre (+0)
  • Façanhas
    • Como sou muito forte, recebo +2 quando Ataco de maneira Poderosa
  • Recarga: 3

imageMakoto Kurata é um cara meio assustador, por estar sempre com uma cara de delinquente, com óculos escuro e jaqueta de couro. Mas ele na verdade é um cara bastante emotivo, que tem certa timidez e ocasionalmente se envergonha de admitir que gosta de cultura pop. Ele é o radiestesia da Kurosagi – Corpse Delivery Service, sendo que sempre que localiza um cadáver ele o leva a Karatsu para negociar os termos. Também gosta muito de música e afins.

Funcionário E – Yuji Yata

  • Conceito: Ex-estudante de faculdade budista canalizador de seres alienígenas
  • Dificuldade: Parceiro Inconveniente: Kere Ellis
  • Aspectos: Otaku / Hábil com Matemática / Problemas de Coração
  • Abordagens
    • Cuidadosa: Regular (+1)
    • Inteligente: Bom (+3)
    • Estilosa: Razoável (+2)
    • Poderosa: Regular (+1)
    • Ágil: Medíocre (+0)
    • Sorrateiro: Razoável (+2)
  • Façanhas
    • Como conheço muitas lendas urbanas, recebe +2 ao Criar Vantagens de Maneira Inteligente relacionadas com elas
  • Recarga: 3

imageYuji Yata é o mais tímido de todos os funcionários da Kurosagi – Corpse Delivery Service, e considera ter o poder mais inútil de todos, sendo capaz de canalizar seres de fora do nosso planeta em fantoches em sua mão esquerda. Atualmente, ele canaliza o alienígena Keri Ellis, com o qual trabalha em conjunto. Ele adora matemática e gosta de souvenirs nerds e otaku. Seu cabelo longo costumam ocultar os olhos, então seu rosto é meio inexpressivo.

Funcionário E’ – Kere Ellis

  • Conceito: Espírito Alienígena Canalizado em um Fantoche
  • Dificuldade: Ações Limitadas – apenas usando os fantoches na mão esquerda de Yata
  • Aspectos: Boca Suja / Colecionador / Gosta de Yata apesar de tudo
  • Abordagens
    • Cuidadosa: Bom (+3)
    • Inteligente: Razoável (+2)
    • Estilosa: Regular (+1)
    • Poderosa: Regular (+1)
    • Ágil: Razoável (+2)
    • Sorrateira: Medíocre (+0)
  • Façanhas
    • Por causa da minha Essência Alienígena, posso uma vez em uma sessão detectar se uma pessoa tem algum tipo de poder OU se algo de muito estranho está ocorrendo em uma região de até uma zona
  • Recarga: 3

imageKere Ellis é um “funcionário” extra da Kurosagi – Corpse Delivery Service. É um alienígena cujo espírito/essência/o que for incorpora no fantoche que Yata usa em sua mão esquerda. Kere Ellis é boca suja e irônico ao extremo, mas apesar de muitas vezes reclamão, ele respeita Yata. Também é um colecionista e curte muitas coisas da cultura pop japonesa, como bonequinhos de vinil e afins. Possui a capacidade de perceber poderes sobrenaturais e coisas estranhas. Foi ele quem detectou que Karatsu era um itako.

Yaichi

imageYaichi é um espírito que acompanha Karatsu sem que esse perceba e que aparentemente amplifica os poderes do mesmo (se o próprio não for a fonte dos poderes deste). Aparenta ser uma pessoa com a face extremamente mutilada e cheia de cicatrizes. Protege Karatsu e os integrantes da Kurosagi – Corpse Delivery Service, mandando mensagens espirituais ou possuindo corpos próximos. Não se sabe suas motivações, mas aparentemente ele protege aqueles que procuram respeitar os últimos desejos dos mortos. Em termos de regra, é tratado como um capanga.

  • Espírito Desencarnado, “Você não é forte a ponto de escolher a própria morte”, Protege aqueles que respeitam os mortos
  • Perito (+2) em: oferecer ajuda e conselhos, incorporar
  • Ruim (-2) em: interagir com o mundo físico de outras formas
  • Como sou um Espírito Desencarnado, não posso ser atingido por armas físicas
  • Estresse: Nenhu,m (um ataque bem-sucedido o tira de jogo)

image

Anúncios

Personagem Exemplo de Espírito do Século: Tobby, o Exorcista de Magdala

Para “dar um gostinho” do que pode-se aprontar com o Espírito do Século (SotC) que eu estou traduzindo (veja o preview aqui) estou apresentando mais um o primeiro PC de um Cenário que estou começando a preparar para o Espírito do Século chamado “Primordiais“.

PS: O cenário será publicado conforme as idéias forem surgindo, mas fiquem à vontade para adotar esses materiais à vontade;


Thomas “Tobby” O’Malley

Exorcista da Ordem de Santa Magdala
Baseado no Mangá/Anime Chrno Crusade

Características

  • Idade: 18
  • Sexo: Masculino
  • Nacionalidade: Americana
  • Cabelos: Negros
  • Olhos: Verdes
  • Características Marcantes: roupas de frade (adaptadas ao combate); forte; caladão
  • A Aventura:  Os Mestres Demoníacos de Portland – uma aventura da Militia de Magdala
  • Aspectos: Pobre / Órfã / Ordem de Magdala / Militia  Tropa de elite dos exorcistas / Lendas Irlandesas / Protegido: Jen / “Em nome do Senhor…” / Calado / Tolerante com Outras Crenças / Rápido no Gatilho
  • Perícias:
    • Soberbo: Determinação
    • Ótimo: Armas de Fogo, Resistência
    • Bom: Mistérios, Dirigir, Pilotagem
    • Adequado: Armas Brancas, Liderança, Engenharia, Estudos
    • Mediano: Ciência, Fascinar, Ladinagem, Enganar, Esportes
  • Façanhas: Munição Especial: Sacred, Segredos Arcanos: Demonologia e Exorcismo, Recarga Rápida, Saque Rápido, Chuva de Balas
  • Munição Especial: (Façanha de Armas de Fogo: Exige Ciência Exótica ou um Aspecto de Patrono ou da Munição Especial) Você é capaz de produzir ou tem acesso a munição voltada para um tipo especial de alvo. Esse tipo especial de alvo sofre +2 de dano ao ser atingido por essa munição. Porém, essa munição recebe -2 de dano contra qualquer outro alvo. No caso da Sacred de Tobby, a munição causa +2 de dano contra demônios, demonologistas e criaturas sobrenaturais malignas em geral.
  • Trilha de Dano:
    • Saúde: [][][][][] [][]
    • Compostura: [][][][][] [][][]
Thomas O’Malley nasceu em uma família de devoção cristã: o pai era um trabalhador vindo de Belfast e Católico Celta, enquanto a mãe tinha sangue italiano e devota no catolicismo romano.  Conforme foi crescendo, sempre ia a Igreja e seguia fielmente a religião, e também aprendia sobre as lendas irlandesas,  até que o antigo patrão de seu pai matou-o e à sua mãe em um ritual de magia negra. Junto com sua irmã, entraram para a ordem de Santa Magdala e treinaram muito, até que há dois anos conseguiram passar na prova de Militia, passando a integrarem a Elite da Ordem de Santa Magdala. Poucas semanas depois, uma pista levou-a a um culto de Satanistas em Chicago, que haviam roubado itens sagrados com o objetivo de os profanar e utilizar seus poderes para o mal. Thomas ajudou sua irmã Jen a vencer os satanistas de Chicago, mas enquanto ela retornou à base da  Ordem em Chicago, Thomas foi encarregado de enfrentar um grupo poderoso de satanistas e demônios em Portland, onde foi ajudado pelo estranho demônio Chrno, que atua em conjunto e sob as ordens da Ordem.
Thomas é forte e calado. Enquanto Jennifer é a investigadora do time e especialista em combate corporal, ele é o motorista e combatente de distância. Seu treinamento como atirador o torna algo temível com uma arma de fogo nas mãos. Dificilmente erra um alvo e em geral atira para abater o alvo. Diferentemente do que se possa imaginar, assim como Jennifer, Thomas (ou Tobby para os amigos mais íntimos) é uma boa pessoa e muito correta, apesar do silêncio assustador! Como a irmã, é extremamente tolerante com outras crenças, mas impiedoso com o mal.
Tanto Jen quanto Tobby sabem da existência dos Primordiais, e embora não sejam Primordiais eles próprios, contam com a ajuda e ajudam os que conhecem, como Hannah Striker e Ingrid Ni Brahobahain, além de Radaj, o Guerreiro do Futuro. Conheceram Angelus, mas sabem que são apenas “secundários” na trama maior dos Primordiais. Mas quando é necessário uma boa arma para enfrentar demônios e criaturas malignas, a pistola e rifle de Tobby estão a disposição.

Powered by ScribeFire.

Powered by ScribeFire.

Personagem Exemplo de Espírito do Século: Jen, a Exorcista de Magdala

Para “dar um gostinho” do que pode-se aprontar com o Espírito do Século (SotC) que eu estou traduzindo (veja o preview aqui) estou apresentando mais um o primeiro PC de um Cenário que estou começando a preparar para o Espírito do Século chamado “Primordiais“.

PS: O cenário será publicado conforme as idéias forem surgindo, mas fiquem à vontade para adotar esses materiais à vontade;


Jennifer “Jen” O’Malley

Exorcista da Ordem de Santa Magdala
Baseado no Mangá/Anime Chrno Crusade

Características

  • Idade: 17
  • Sexo: Feminino
  • Nacionalidade: Americana
  • Cabelos: Ruivos
  • Olhos: Verdes
  • Características Marcantes: roupas de freira (adaptadas ao combate); alta; Espada nas costas
  • A Aventura:  Os satanistas de Chicago  – uma aventura da Militia de Magdala
  • Aspectos: “Anjo sem asas” / Órfã / Ordem de Magdala / Militia  Tropa de elite dos exorcistas / Lendas Irlandesas / Protegido: Tobby / “Culturas diferentes são interessantes” / Samaritana / Chute Forte!! / Espada de Santa Brigite
  • Perícias:
    • Soberbo: Armas Brancas
    • Ótimo: Determinação, Resistência
    • Bom: Mistérios, Investigação, Briga
    • Adequado: Engenharia, Armas de Fogo, Fascinar, Ciência
    • Mediano: Dirigir, Ladinagem, Esportes, Estudos, Enganar
  • Façanhas: Arma destinada: Espada de Santa Brigite, Ciência Ensandecida: Tecnologia de Exorcismo da Ordem de Santa Magdala, Aparar com Precisão, Armas de Todo Mundo, Segredos Arcanos: Demonologia e Exorcismo
  • Arma Destinada: Espada de Santa Brigite
    • Obra Prima;
    • Sagrada: +2 contra seres malignos, com um Ponto de Destino permite emular contra seres malignos a Façanha Golpe Especial;
  • Trilha de Dano:
    • Saúde: [][][][][] [][]
    • Compostura: [][][][][] [][]
A bela Jennifer O’Malley nasceu em uma família de devoção cristã: o pai era um trabalhador vindo de Belfast e Católico Celta, enquanto a mãe tinha sangue italiano e devota no catolicismo romano.  Conforme foi crescendo, sempre ia a Igreja e seguia fielmente a religião, e também aprendia sobre as lendas irlandesas, em especial sobre Santa Brigite, até que o antigo patrão de seu pai matou-o e à sua mãe em um ritual de magia negra. Junto com seu irmão, entraram para a ordem de Santa Magdala e treinaram muito, até que há dois anos conseguiram passar na prova de Militia, passando a integrarem a Elite da Ordem de Santa Magdala. Poucas semanas depois, uma pista levou-a a um culto de Satanistas em Chicago, que haviam roubado itens sagrados com o objetivo de os profanar e utilizar seus poderes para o mal. Jennifer venceu-os e recuperou um desses itens, a Espada de Santa Brigite, que usa desde então.
Jennifer é muito alta para sua idade, embora não chegue a ser algo fora do normal. Está habituada ao estoicismo da Ordem e veste-se com as roupas da Militia, apenas dispensando as armas que seu irmão tanto gosta. No caso, enquanto estão investigando, é ela quem carrega o estojo de armamentos, sendo que quando entram em batalha a primeira coisa que ela faz é descer o estojo para ter foco livre. Ela costuma pensar tão bem quanto luta, e deixa a parte de fugas por conta de Tobby, que precisa de amplo campo de visão para atirar. Além disso, ela é a curandeira  da dupla.
Tanto Jen quanto Tobby sabem da existência dos Primordiais, e embora não sejam Primordiais eles próprios, contam com a ajuda e ajudam os que conhecem, como Hannah Striker e Ingrid Ni Brahobahain, além de Radaj, o Guerreiro do Futuro. Conheceram Angelus, mas sabem que são apenas “secundários” na trama maior dos Primordiais. Mas quando é necessário uma Espada para enfrentar demônios e criaturas malignas, a arma de Jen está a disposição

Powered by ScribeFire.

Powered by ScribeFire.

FUDGE DAY em São Paulo – Um relato

Faz quase 15 dias que ocorreu o FUDGE DAY na AJOIP e faltou um relato sobre o evento. Na verdade apenas não fiz isso pois andei um pouco ocupado no serviço. Nesse meio tempo, publiquei as fichas dos 6 personagens usados na minha aventura no FUDGE DAY aqui no +4.
dscf0001_blogCheguei na AJOIP cedo e me preparei. Como, embora estivesse preparado para mestrar FUDGE Nárnia, sabia que o pessoal poderia acabar se interessando por outros cenários, além dos dos d6 (os dados Fudge chegaram apenas segunda feira dia 15), levei fichas de outros cenários meus (Carga Pesada, Harry Potter) e meu notebook, além de lápis, borracha e caderno de anotações. A opção por levar o notebook se deve ao fato de os materiais que seriam necessários de transportar seriam pesados demais e todos os materiais estavam no meu notebook, o que me deu opções muito boas, inclusive enquanto mestrei. Do mesmo modo, o notebook serviu de escudo para os meus rolamentos secretos.  Tudo pronto, apenas fiquei na expectativa da chegada de jogadores.

Por volta de meio-dia, chegou um jogador e em seguida dois integrantes do meu grupo de jogo. Com isso, pudemos jogar a aventura planejada. No caso, o jogador novo (Marcelo) não tinha nenhuma experiência com Fudge, enquanto os jogadores do meu grupo já tinham tido contato com o sistema. A aventura mestrada, “Sumiços no Flecha Sinuosa”, é uma aventura simples de investigação que ainda irei publicar nesse blog: basicamente, é uma história onde os personagens tiveram que descobrir o paradeiro de várias crianças, tanto humanas quanto de outros povos livres de Nárnia na região do Rio Flecha Sinousa, entre Arquelândia e Calormânia. Como qualquer um que tenha lido Nárnia sabe, em geral os Calormanos são os vilões da história.
dscf0003_blogOs personagens usados forma Orion, o guerreio e sábio (Marcelo); Grieg, Cavaleiro de Cair Paravel (Francine, do meu grupo de jogo) e Talon, a Pantera Falante (Leonardo, também do meu grupo de jogo). Além deles, utilizei como NPCs (embora planejasse usar como PCs), Lyos, o Diplomata e Ostara, a calormana rebelde. A aventura começou bem, com os personagens investigando a região e sendo encontrada por Ostara e seus tuaregs (rebeldes). Obviamente, foi complicado a eles aceitarem que Ostara não era a inimiga, por ser uma calormana. Foi necessário vários testes (em especial de Orion) e a intervenção tanto de Orion quanto de Talon para que eles entendessem que Ostara não era a inimiga, apesar de terem sido presos por esta.
Ao chegar no vilarejo (na verdade, uma paliçada cercando um pequeno esconderijo no meio de um bosque), descobriram que Ostara também tinha perdido alguns jovens. O fato de ter-se visto calormanos na fronteira com o Flecha não era relacionado com o grupo de Ostara Em especial, descobriram que Ostara ia contra os Tarcãas que muito provavelmente entraram às escondidas na Arquelândia.
Com Ostara adicionada ao grupo, eles foram por um outro caminho até encontrarem o que parecia uma fortaleza oculta no bosque. Ao entrar, descobriram que os calormanos realmente tinham atravessado o Flecha, mas que foram atacados. O pior é que nada de valor foi levado, embora todos os calormanos da fortaleza foram rechaçados mortos e muitos deles tinham pedaços ou órgãos faltando, ou mesmo não estavam inteiros. Descobriram que o plano do grupo em questão era atacar alguns grupos tuaregs que descobriu-se estarem na Arquelândia. Ostara roubou então o mapa que tinha a localização de tais grupos. Com a investigação de Grieg, Talon e Orion, descobriu-se o caminho pelo qual o grupo atacante que destruiu os calormanos veio. Descobriu-se também que não se tratava de um exército profissional ou mesmo de um grupo protetor. Tratava-se de uma turba que foi trazida até lá e dispersou-se tão rapidamente quanto a fúria deles foi aplacada com a destruição dos calormanos.
Ao seguirem a trilha oposta à que eles tinham tomado, aos poucos ofram saindo do bosque. Foi quando Talon detectou uma primeira emboscada e todos enfrentaram alguns Lobos malignos. Tais Lobos não duraram muito, sendo que o mais ferido foi Lyos (sofreu um Ferimento Grave, curado por magia por Orion). Seguindo adiante, encontraram uma caverna onde descobriram a verdade: uma megera estava matando crianças para aumentar seus poderes. A mesma estava protegida contra ataques por armas (no caso, considerando o uso de uma magia de Benção Maior) e mandava lobos atacarem, ao mesmo tempo que usava seus truques mágicos para imobilizar a todos, em especial Coma (que quase vitimou tanto Orion quanto Grieg). Após derrotarem vários lobos malignos, Grieg atacou a megera com sua espada e não foi bem sucedido, o mesmo valendo para os ataques com arcos tanto de Orion quanto de Ostara. Foi quando Talon saltou e atacou com as patas a megera, levando-a ao chão, e Grieg terminou o serviço com socos, acabando com a megera e resgatando as crianças vivas.
A opinião da mesa foi muito favorável à aventura, em especial de Marcelo, que nunca tinha jogado Fudge antes e ficou um pouco confuso nos primeiros testes de perícias com o mecanismo de 4d6 do Fudge. Mas mesmo ele pegou o jeito rapidamente.
Depois disso, conversei com alguns integrantes da AJOIP sobre o Fudge e sobre RPG em geral, até que deu umas 6h e resolvi ir para casa. Porém, antes disso recebi o convite do Thomas da AJOIP para realizar outros eventos do Fudge (como futuros Fudge Days) na AJOIP, assim como o apoio do Douglas do D3 System para uma melhor divulgação, o que realmente foi uma falha minha: devido ao fato de não ter tido o espaço confirmado até alguns dias antes do Fudge Day, não confirmei o evento e não fiz uma boa divulgação, o que prejudicou inclusive a vinda dos Fudge Dice que estavam prometidos.
De qualquer modo, achei que o resultado final, embora tenha ficado aquém do que esperava, foi positivo. Espero que em outras oportunidades as coisas aconteçam melhor, e agradeço à Gray Ghost Games, a AJOIP e ao D3System pelo apoio. assim como ao pessoal das listas de discussão da Internet

Powered by ScribeFire.

Personagem Exemplo de Espírito do Século: Vicky, a Andarilha

Olá!

Para “dar um gostinho” do que pode-se aprontar com o Espírito do Século (SotC) que eu estou traduzindo (veja o preview aqui) estou apresentando mais um o primeiro PC de um Cenário que estou começando a preparar para o Espírito do Século chamado “Primordiais“.
PS: O cenário será publicado conforme as idéias forem surgindo, mas fiquem à vontade para adotar esses materiais à vontade;


Vicky, a Andarilha

Andarilha e Primordial

Características

  • Idade: 18 (aparenta 15)
  • Sexo: Feminino
  • Nacionalidade: Americana
  • Cabelos: Loiros
  • Olhos: Verdes
  • Características Marcantes: vestido roto mas limpo; chapéu com um Girassol preso no mesmo; Cara de “Bebê”
  • A Aventura:  A Bela Andarilha do White Swan
  • Aspectos: “Cara de Bebê” / Desejo de Liberdade / Educada / Colégio St. Sophie (Newark/NJ) / Pobre / Aliado: seu irmão Don / Primordial / Chapéu com Girassol / “Eu ainda tenho alguma dignidade!” / Andrajos Elegantes
  • Perícias:
    • Soberbo: Artes
    • Ótimo: Fascinar, Empatia
    • Bom: Determinação, Prontidão, Estudos
    • Adequado: Ciência, Sobrevivência, Enganar, Briga
    • Mediano: Prestidigitação, Ladinagem, Esportes, Mistérios, Investigação
  • Façanhas: Chegando ao Coração, Ouvido Cético, Mantendo a Calma, Fleumático, Marcas do Vagabundo
  • Trilha de Dano:
    • Saúde: [][][][][]
    • Compostura: [][][][][] [][]
Victoria Lavender Campstel II (ou Vicky, como viria a se chamar) sempre foi uma garota criada em berço de ouro. Porém, diferentemente do que se possa imaginar, para Vicky esse berço era uma prisão de ouro, da qual desejava escapar. Sempre mais baixa do que o normal, aos seis anos as pessoas imaginavam que ela tinha 6. Foi quando, durante a Guerra, foi mandada por seu pai e pelo irmão Don ao Colégio de Moças St. Sophie, que ela odiava, devido à futilidade das grarota de lá.
Mal sabia ela que essa decisão salvaria a sua vida.
Quando ocorreu o Crash da Bolsa de Nova Iorque, Vicky foi informada que o dinheiro de seus pais havia “derretido”, e que seus pais tinham se matado, colocando fogo na casa. Seu irmão Don estava desaparecido, mas vivo, aparentemente vivendo como um vagabundo. Ela apenas esperou terminar o básico de sua Educação para procurar seu irmão, vivendo como uma andarilha em meio a outros vagabundos e andarilhos, defendendo a si própria de alguns andarilhos mais rudes, fedendo a bebida e suor.
Foi quando embarcou no White Swan e acabou descobrindo um mago maligno que lá estava. Por sorte, seu irmão Don havia entrado em contato com Yelena Kievskaya, que dominando poderes místicos enfrentou o mago, dando tempo para que ela agisse, empurrando o ago para uma morte terrível sendo despedaçado pelos trilhos do trem. Desde entçao, ao descobrir ser uma Primordial, Vicky se uniu a Don, Yelena e outros tantos enfrentando o mal do mundo e inspirando as pessoas a lutar.
Atualmente Vicky veste um vestido rosa já desbotado e roto e seu bem mais precisoso, um chapéu com um girassol que lhe foi dado pela mãe pouco antes do Crash da bolsa de Nova Iorque. Apesar de ter 18 anos, sua aprência é de uma menininha do interior de 15 anos: cabelos loiros, sardas e grandes olhos verdes. É mais durona na realidade que Don, mas sabe que ele gosta de bancar o maioral e o apóia nisso, afinal de contas, de certa forma, eles tem apenas um ao outro nesse mundo.

Powered by ScribeFire.

Powered by ScribeFire.

Rolando +4 na Internet!

Olá!
Esse é o +4.
Mas que diabos é o +4?!
+4 é um sucesso decisivo em FUDGE.
Mas o que é FUDGE.

OK, essa já não faz parte do grupo das “perguntas que não querem calar”, mas ainda assim exige alguma explicação. Então vamos lá

Definição técnica:

Freeform Adaptável
Universal Universal
Do-it-Yourself Faça-Você-Mesmo
Gaming Jogo
Engine Sistema

Portanto, Fudge é um RPG Adaptável, Universal e Faça-Você-Mesmo.

O Fudge é um RPG voltado para Mestres experientes, que desejam criar ou adaptar cenários de jogo, mas que estejam com dificuldade para encontrarem o RPG ideal para o mesmo.

O Fudge é um RPG razoavelmente antigo, que conta com uma grande comunidade de apoio no exterior. O Fudge possui várias características incomuns e revolucionárias em relação a outros sistemas de RPG:

  • Um sistema de resolução de ações baseados em palavras: todas os testes e a maioria das características do Fudge que possuem níveis o são descritos em palavras. Então, ao invés de você dizer que seu herói possui uma “perícia 14 em Espadas”, você pode dizer que o seu personagem “é um Bom Espadachim”. De forma semelhante, você pode dizer que conseguiu “um golpe Ótimo”, ao invés de dizer que “passei por +2”;
  • Não possui características obrigatórias: Embora o Fudge defina uma série de tipos de características (Atributos, Perícias, Bençãos, Falhas e Poderes Sobrenaturais), o seu módulo básico não define nenhum em particular. O Mestre pode criar qualquer conjunto de atributos, perícias, etc… conforme o grupo e o cenário utilizado;
  • Portabilidade: por ser baseado em palavras, é fácil criar cenários vindos de outros livros e sistemas. Além disso, como o Fudge descreve as chances básicas de acerto em uma perícia, é possível “portar” facilmente os personagens de um jogo de RPG qualquer de e para o Fudge;

O Fudge é muito simples de ser entendido, mas exige mais do Mestre, pois o mesmo deve definir quais serão os atributos, perícias, etc… a serem usado em seus jogos de Fudge.

A idéia nesse espço é falar principalmente de FUDGE, mas uma série de materiais de RPG em geral também serão postados aqui. Novidades, cenários e mini-cenários, regras, tudo o que for útil será postado.

Fique a vontade para conhecer sobre o FUDGE aqui nesse local e divirta-se!

E role +4!